Seminários & publicações

P & P Outubro 2020.png

Outubro 2020

CENÁRIOS DA RECUPERAÇÃO: A HORA DE AGIR MAIS DO QUE REAGIR

Francisco Z. Rácz & Washington T. Yamaga – R Y Associates para Paint & Pintura Outubro 2020

 

Saímos de um cenário de sobrevivência aparente de curto prazo, com tempo demarcado para um cenário de sobrevivência a longo prazo com muitas variáveis sem definição. A primeira onda de recuperação para tintas, em vários segmentos, veio acima das expectativas para diversas regiões do Brasil, porém o ano ainda fechará abaixo do planejado originalmente.

As variáveis macro econômicas como o câmbio, custo financeiro e outros indicam tempos distintos. O crescimento futuro ainda depende estruturalmente de investimentos na economia e da efetiva redução do desemprego. Todavia fatos novos como uma nova onda de “soluços” podem continuar a impactar a progressão.

P & P Setembro 2020.png

Setembro 2020

COMO CAPTURAR VALOR NA RETOMADA?

Francisco Z. Rácz & Washington T. Yamaga - R Y & Associates para Paint & Pintura Setembro 2020

Passados meses do início de nossa convivência com a pandemia, a indústria de tintas já vive a retomada dos negócios especialmente nas áreas de consumo de tintas arquitetônicas e segmentos como embalagens, repintura automotiva, manutenção industrial, justificados por demanda reprimida e outras alavancagens. Todavia também se intensificam as definições de negócios para 2021 e anos que se seguem. Prioridades diversificadas de produtividade e consolidações de negócios são os temas mais discutidos.

Artigo P&P Agosto 2020.png

Agosto 2020

O QUE MODIFICA E FICA?

Francisco Z. Rácz & Washington T. Yamaga - RY & Associates para Paint & Pintura Agosto 2020

 

O plano de 100 dias para retomada, com certeza foi revisitado nos conceitos e expectativas por inúmeras vezes. Rapidamente concluímos que a crise iria ser longa e diferente, com mais volatilidade do que tendências conhecidas.

O artigo traz reflexões de que antes de aumentar o faturamento, é preciso ganhar a confiança do consumidor. O cenário para sairmos da pandemia ainda não se consolidou. As empresas que estabeleceram seus comitês de crise agora procuram outras decisões reconfigurando seus recursos para sobreviver e, sair à frente.

Boletim #4 Oct 2020.png

Outubro 2020

BOLETIM INTELIGÊNCIA DE MERCADO 2020 #4 – TINTAS

Francisco Racz e Washington Yamaga - RY & Associates para Paint & Pintura

A forte retomada das tintas para mercado da construção e tintas industriais em geral desde junho contrasta com o desafio do planejamento 2021-2024. Os desafios de mudanças já para 2021 em meio incidentes da retomada e incertezas de efetiva resolução da pandemia, torna o cenário de decisões complexo e dinâmico. O boletim traz as principais discussões da indústria de tintas e cadeia de fornecimento, seus impactos nos segmentos de tintas de construção, repintura automotiva e inédita publicação de informações das tintas industriais nos diversos segmentos. 

E@D #1.png

Agosto 2020

E@D Paint & Pintura - RY & Associates 04 de Agosto 2020

Cursos on-line para os vários segmentos de tintas, levando o conhecimento e experiências às diversas regiões do país, de forma rápida, prática, acessível e em módulos independentes básicos e avançados. Módulos básicos de formulação, destinados a profissionais interessados em melhorar os conhecimentos fundamentais de formulação e para profissionais que procuram se iniciar no setor. Módulos avançados são destinados a profissionais interessados em especialização e aperfeiçoamento.

P & P Junho 2020.PNG

Junho 2020

A INOVAÇÃO EM TEMPOS MAIS DIFÍCEIS, TEM HORA MARCADA

Francisco Z. Rácz & Washington T. Yamaga - R Y & Associates para Paint & Pintura Junho 2020

Todas as crises trazem cicatrizes antes de se definirem como drivers. A crise de 2008 ensinou o risco dos negócios imobiliários. A crise de 2020 nos atinge a todos, individualmente na capacidade de reagir, de se defender e de trabalhar. A mobilidade como conceituada mudará a indústria de habitações, a indústria de transportes, saúde e a convivência social. Novos parâmetros se refletirão com certeza em tintas e suas marcas para serem socialmente sustentáveis.

Os negócios de tintas serão desafiados no conhecimento e na criatividade, pressionados exponencialmente por novas soluções. O “time to market” será claramente uma condição de sobrevivência.

Forum Crisciuma Set 2020.png

Setembro 2020

OS CAMINHOS DO VALOR AGREGADO

Planejando 2021 - 2024

Francisco Z. Rácz

Fórum Paint & Pintura 2020

Uma discussão da evolução das estratégias de valor agregado adotadas no mercado brasileiro de tintas, seus impactos nos resultados de curto e médio prazo. A conjugação dos fatores macroeconômicos para os próximos anos, pode impactar a indústria de tintas de maneira muito distinta da evolução histórica, na situação competitiva e geração de oportunidades. Os novos desafios da precificação do valor agregado como fator de sobrevivência competitiva.

A_Arte_de_Colocar_o_Novo_em_Ação_-_Pan

Setembro 2020

A ARTE DE COLOCAR O NOVO EM AÇÃO

Planejamento 2021 - 2024 

Washington Yamaga

Fórum Paint & Pintura 2020

Os 5 temas mais discutidos nas decisões de negócios em tempos de pandemia. A arte de colocar o novo em ação desafia os negócios a procurar caminhos e objetivos nunca antes visitados na história. Uma discussão de drivers para a indústria de tintas no Brasil e, suas prioridades na preparação rápida da nova organização, onde recursos e talentos multidisciplinares serão indispensáveis.

2Boletim Inteligerncia de Mercado 2.PNG

Julho 2020

O DESAFIADOR PLANEJAMENTO DE TINTAS PARA 2021-2024

Boletim Inteligência de Mercado Paint & Pintura Julho 2020

Francisco Rácz e Washington Yamaga (RY & Associates)

O planejamento de 2021-2024 traz desafios para o mercado de tintas nunca antes enfrentados. Modifica o portfólio, canais de distribuição e prioriza a produtividade da organização. As marcas com a estratégia de proteção da base de clientes trouxeram novos consumidores.

Francisco Z. Rácz & Washington T. Yamaga  (R Y & Associates) para Paint & Pintura Abril 2020

Nos recentes Fóruns da revista Paint & Pintura em particular o realizado em março em Fortaleza, apresentamos os caminhos do valor agregado em tintas. Uma discussão sobre a necessidade da administração das margens de contribuição através da valorização da oferta de produtos e uma política de preços adequada.

Francisco Z. Rácz & Washington T. Yamaga (R Y & Associates) para Paint & Pintura Março 2020

De um lado o descompasso da indústria química nos países emergentes, em relação a outros mercados mais avançados no mundo. De outro a oportunidade para modificar o uso e a fabricação de tintas através de recursos avançados da transformação digital. Hoje estamos focados na excelência de fabricação, experiência do cliente e, obsessão por novos mercados. A transformação digital em países emergentes chegará plenamente à indústria de tintas, antes do que muitos esperam. Os módulos integrados de alta produtividade digitais para clears, catalizadores e cores já estão sendo projetados e produzidos no Brasil e exportados para países desenvolvidos.

Francisco Z. Rácz, Washington T. Yamaga (R Y & Associates) para Paint & Pintura Dezembro 2019

A conjugação da Taxa de Juros, Inflação, Taxa Cambial e PIB para os próximos anos, pode impactar a indústria de tintas de maneira muito distinta da evolução histórica.

O planejamento 2020 já aponta oportunidades para transformação tecnológica e novos modelos de negócios sem precedentes na indústria de tintas do Brasil.

O mercado brasileiro em 2025 deverá estar acima de 6 Bilhões de dólares e 80% das novas oportunidades em tintas e revestimentos estarão nos segmentos de elementos de construção, transportes, automotivos e anticorrosivos.

Francisco Z. Rácz, Washington T. Yamaga – (R Y & Associates) para Paint & Pintura Novembro 2019

A Rácz, Yamaga & Associates estará no próximo China Coat 2019 (Novembro 18-19-20) e a convite de sua organização desenvolveremos o tema BRAZILIAN COATINGS MARKET – TRENDS & OPPORTUNITIES. A apresentação discute o impacto das recentes mudanças no ambiente político econômico e seu impacto no mercado da indústria de tintas.  Analisa a relação competitiva entre as empresas globais, multinacionais regionais e locais, as oportunidades nas áreas de tecnologia e as modificações no supply chain na América do Sul, particularmente no Brasil com projeções de um mercado acima de US$ 10 Bilhões em 2030.

Francisco Rácz & Washington Yamaga - Rácz, Yamaga & Associates para Paint & Pintura Outubro 2019

O palco do mercado sul americano de tintas é ocupado por milhares de figurantes-fornecedores. O que pode soar assustador, mas é natural para um mercado maduro e subsegmentado, como o de tintas: de baixo risco e retorno sobre investimento razoável. Tendo em vista a complexidade da distribuição e segmentação tecnológica, é também natural que menos de uma centena de fornecedores ocupem quase 90 % do mercado que em 2018 consumiu US$ 8, 1 bilhões de tintas, para um volume de 3,1 bilhões de litros.

Francisco Z. Rácz & Washington T. Yamaga (R Y & ASSOCIATES) - Paint & Pintura Setembro 2019

As perspectivas de tintas para a América do Sul são promissoras. O mercado passará de 8,1 BL US$ em 2018 para valores acima de US$ 20 BL em 2030 com crescimento em todos os países.

A indústria de tintas global é impactada pelos mega drivers como mobilidade, proteção à saúde e meio ambiente, mudanças digitais de produtividade e outras tendências. A América do Sul não está excluída deste processo e do acesso as oportunidades globais, principalmente devido a escala do valor agregado desse mercado.

Francisco Rácz & Washington Yamaga (RY & Associates) for China Coat Journal – September 2019

Coatings market in South America was estimated to be at US$ 8.1 billions in 2018. It should reach a level close to US$ 12 billions in 2023 and over US$ 20 billions in 2030, with good and continuous growth rates in all countries. The South American region over the next 3 to 5 years is certainly not going to be at the forefront of disruptive paint technologies but certainly will be rapidly capturing opportunities to put them into new action. Most countries will see a continuity of higher growth rates in view of their overall stability, strong emerging middle class and infrastructure investments.

Francisco Rácz & Washington Yamaga (RY & Associates) – Paint & Pintura Janeiro 2019

Uma boa parte das empresas irá realizar algum tipo de investimento em 2019 e duas concentrações de iniciativas chamam a atenção. A primeira a capacitação de mão obra, acelerando a formação e os programas de qualificação. A segunda, a procura de produtividade e tecnologias com foco na inovação. 60% da indústria terão as iniciativas de lançamento de novos produtos e serviços.

As empresas de tintas no Brasil que se prepararam em tempos difíceis sairão a frente no posicionamento em mercados locais e fora do país, pois alcançaram a qualidade e competitividade para serem globalmente competentes.

Planning for structural growth in the Brazilian coatings market

By Francisco Rácz & Washington Yamaga, Rácz, Yamaga & Associates

EUROPEAN COATINGS SHOW DAILY 3/ 21 MARCH 2019

Coatings are known for its wide spectrum of applications and as such, their consumption is driven by several factors related to the markets where they are utilized. Brazil is moving out of a deep recession and the years of 2017/2018 marked a halt in the depression. The 2019 is the beginning of a new cycle.

Francisco Racz & Washington Yamaga (RY & Associates) – Paint & Pintura Agosto 2019

Tintas e recobrimentos são definidos como mercado maduro e dependem da evolução dos substratos que vão pintar. Em mercados emergentes a inovação não se concentrou na geração de eventos disruptivos que poderiam criar novos mercados. As empresas consideradas de sucesso nestas regiões têm se destacado pela capacidade de entender a Inovação muito mais como a arte de colocar o novo em ação com agilidade e impacto de alta produtividade.

Francisco Racz & Washington Yamaga (RY & Associates) – Paint & Pintura Julho 2019

Um processo acelerado para converter as conceituações das tintas por seu desempenho e função, já é foco estratégico das marcas líderes no mercado brasileiro.

As tintas imobiliárias nestes últimos dez anos tiveram seu preço médio decrescendo 10 % em dólares. Houve perda de margem por não recomposição dos custos e uma involução no mix de produtos. As tintas de valor final mais baixo cresceram enquanto as tintas de funcionalidades mais definidas perderam participação. As chamadas Tintas Premium para alvenaria caíram 31 % em volume entre 2009 e 2018 enquanto as outras tintas cresceram 33 %, em um mercado que praticamente não cresceu no mesmo período. O consumidor final na média consumiu mais tintas com durabilidade menor e baixo rendimento de aplicação, apesar dos numerosos lançamentos de produtos novos no período.

O 1º SEMESTRE DE 2019 NÃO MUDA OS OBJETIVOS DO MÉDIO PRAZO

O fechamento do 1º semestre de 2019 traz para o mercado de tintas um pequeno volume de recuperação sobre 1º semestre de 2018, porém distante das expectativas para 2019.

Os macrodrivers de tintas estão ancorados no consumo da classe média e nas iniciativas de infraestrutura. A reação que se esperava para o ano de 2019 ainda não ocorreu, basicamente devido ao volume de tintas imobiliárias, que estão diretamente ligadas ao poder de consumo da classe média e investimentos. As tintas especiais (Performance Coatings) tiveram um desempenho melhor nos segmentos industriais e automotivo.

Francisco Racz & Washington Yamaga (RY & Associates) – Paint & Pintura Abril 2019

A indústria de tintas e revestimentos desfrutou de um período de inovação notável nas últimas décadas. Alguns dos principais impulsionadores foram a conversão de tintas à base de solvente para água, redução de VOC, o surgimento de funcionalidades de filme aprimoradas, popularização dos sistemas tintométricos entre muitos. O tratamento digital de processos e medições assim como de formulações a nível nanométrico e o uso de materiais de fontes renováveis ditam a nova tendência. O entendimento da jornada do cliente e os impactos na decisão de compra, são hoje os focos da geração de valor. 

EUROPEAN COATINGS April 2019

The article based on information provided by Francisco Z. Rácz and Washington T. Yamaga of Rácz, Yamaga & Associates (www.ry-associates.com)

The paint market in Brazil has gone through a few difficult years, but seems to have bottomed out and has recently been developing slightly positively again. Sales are being driven above all by the growing middle class. Experts are forecasting annual growth of around 3.4% for the coming years. A market volume of over 2 billion litres is to be achieved by 2023.

Francisco Rácz & Washington Yamaga (RY & Associates) – Paint & Pintura Setembro 2018

Considerando a evolução da classe média em um crescimento conservador da economia, o mercado de Tintas Imobiliárias no Brasil deve atingir um volume próximo a 1,9 bilhão de litros em 2030, com uma taxa média de crescimento de 3% a.a. de 2017 a 2030. As vendas deste mercado serão superiores a 5,0 BL US $ em 2030, com um crescimento médio próximo de 6% a.a. no mesmo período (Diagnostico de Tintas Imobiliárias no Mercado Brasileiro Agosto de 2018).

Francisco Rácz & Washington Yamaga (R & Y & Associates) – Paint & Pintura Abril 2018

O crescimentos de volume anual no período mostrarão índices de 3,4 % até 12%  no período 2017- 2022. O faturamento das indústrias de tintas nestes segmentos atingiu cerca de 1,9 bilhões de US$ em 2017 e, poderá atingir patamares acima de 3, 1 B US$ em 2022. representando 44 % do mercado total de tintas no Brasil.

Francisco Rácz & Washington Yamaga (RY & Associates) para Paint & Pintura Agosto2018

As projeções de volumes para o ciclo de planejamento da indústria de tintas sempre se referiram a fatores macroeconômicos como a evolução do PIB. Todavia a volatilidade de 2018 e a expectativa da diminuição da própria, toma contornos de urgência e as projeções de 2019 já indicam claramente a necessidade de patamares de negócios maiores que o crescimento demográfico e que com certeza tragam ganhos de produtividade significativos.

Please reload

March 10, 2018

Francisco Rácz und Washington Yamaga – Racz, Yamaga & Associates

FARBE UND LACK // 03.2018

Das Jahr 2017 war ein Wendepunkt für die Entwicklung des brasilianischen Farben- und Lackmarkts. Nach mehreren Jahren der Rezession spiegelten sich der Rückgang der Arbeitslosigkeit und das Verbraucherverhalten in einem Stopp des fortlaufend abnehmenden Marktes für dekorative Beschichtungsstoffe und andere Materialien für den Heimwerker- und Instandhaltungsbedarf wider. Auch einige Neubauprojekte trugen zur Belebung des Markts bei.

June 15, 2017

Francisco Z. Rácz and Washington T. Yamaga (RY & Associates) – European Coatings Journal June 2017

Overall South America businesses have been impacted in the past 3 years by the economy and leadership transition with severe changes in the regional demand mainly in the major markets such as Brazil, Argentina and Venezuela.

April 10, 2017

SÜDAMERIKANISCHER LACKMARKT // INSGESAMT WURDEN DIE GESCHÄFTSAKTIVITÄTEN IN SÜDAMERIKA

IN DEN VERGANGENEN DREI JAHREN VON DER WIRT- SCHAFT UND DEM WANDEL DER POLITISCHEN FÜHRUNG

BEEINFLUSST. HIERBEI KAM ES ZU ERHEBLICHEN VER-ÄNDERUNGEN IN DER REGIONALEN NACHFRAGE, VOR

ALLEM IN DEN WICHTIGSTEN MÄRKTEN. FARBE UND LACK // 04.2017 

Francisco Z. Rácz und Washington T. Yamaga, Rácz, Yamaga & Associates

September 27, 2016

South America a Challenging Continent for Coatings

Artigo originalmente publicado no China Coatings Journal em Setembro 2016  Market Report http://www.sinostar-intl.com.hk/edm/CCJ_201609/eng.html

Perspectiva para os negócios de tintas no mercado sul-americano, um mercado de 8,4 bilhões de dólares e 3,1 bilhões de litros. Riscos e Oportunidades de um mercado continental com 11 paises e uma diversidade de segmentos. 

Por Francisco Z. Rácz e Washington T. Yamaga (Rácz, Yamaga & Associates)

Good return of investment (RO I) for continuous strong growth rates will keep the South American refinish coatings market to be attractive for the coming century.

Artigo originalmente publicado no European Coatings Journal em Junho 2016 - Market Report www.european-coatings.com

May 10, 2016

Per capita consumption to grow in South America

Por Francisco Z. Rácz e Washington T. Yamaga (Racz, Yamaga & Associates)

The middle class in South America will continue to drive and boost the coatings consumption in the coming decades.

 

Artigo originalmente publicado no European Coatings Journal em Maio 2016 - Market Report www.european-coatings.com

Please reload